quinta-feira, 23 de agosto de 2012

As Relíquias dos Deuses - Capítulo 18 - Museumsinsel


"My footsteps now, they will echo too loudly" (Nothing to Remember - Neko Case)

Acordei meio assustada, automaticamente levando a mão ao meu colar de contas, sorrindo ao sentir o pingente que meu pai havia me dado lá. Então não foi só um sonho, meu pai realmente havia me visitado. "Nunca perca as esperanças", ele havia dito. E eu não as perderia. Não enquanto tivesse o pingente comigo, não enquanto ainda houvesse jeito de sorrir mesmo que um mago poderoso esteja criando uma rebelião contra deuses que estão ficando raivosos. Mesmo assim, era difícil lidar com uma civilização sobre suas costas e sobre mais nove amigos, principalmente porque eu sabia que, se eu errasse, eu poderia destruir esses nove amigos.
Por enquanto, o cheiro de chocolate quente e panquecas dominava o ar. Demi e Joe haviam ido em um mercado romano que encontraram por aí e compraram suprimentos para que não precisássemos caçar animais e colher frutos. Poder tomar banho tranquilamente foi um milagre, mal havíamos saído do chalé dos elfos e já estávamos imundos e machucados novamente. E eu sabia que não duraria muito tempo, estaríamos no mesmo estado novamente. Decidimos descansar apenas por mais uma noite, pois à esta altura já estávamos exaustos e chocados emocionalmente, e nossos corpos ainda doíam demais para uma próxima batalha que, sem dúvidas, aconteceria.

---

Selena tirou cuidadosamente sua bandagem, revelando uma pele totalmente curada. Aparentemente, água gelada+néctar+feitiços curativos+essência de ditamno+bandagens faziam milagres em queimaduras. Entrementes, ela ainda sentia dor naquela região - e no resto de seu corpo -, por mais que bem menos do que antes. Logan postou um beijo em sua bochecha.
Logan: Vai melhorar. - Ele sussurrou, seu antebraço direito coberto por bandagens.
Na cama ao lado, Nick colocava cuidadosamente um pedaço de pergaminho sob o travesseiro de Miley. Ele escrevera com a melhor caligrafia possível, tentando expressar todos os seus sentimentos que não conseguiria falar pessoalmente - nunca fora bom com isso.
Quando o sonserino se retirou, Miley - que estava secretamente acordada - sorriu e passou a mão por debaixo do travesseiro. Ela já conhecia a fragância de Nick, mesmo depois de tantas vezes em que eles ficaram imundos, sabia que ele estivera lá. Que fora ele.
Pegou o pedaço de pergaminho rapidamente e leu.
Havia um pequeno texto escrito em uma bela caligrafia:

Querida Miley,

     Tempos turbulentos, não? Eu sei.
     Eu não sei por quanto tempo sobreviveremos, espero que por muito mais tempo, que consigamos vencer esta batalha, mas caso não… eu desenvolvi sentimentos por você. Sentimentos profundor, que podem ser considerados amor, paixão, admiração… enfim.
     Caso não acordemos amanhã, gostaria de te perguntar:
      Você sente o mesmo?
       Se sim, mantenha esse bilhete sob o travesseiro. Se não, jogue-o.

Miley: Sim. - Ela sussurrou, sem saber se sorria ou se chorava. Colocou o pedaço de pergaminho onde ele estava anteriormente e levantou-se, mesmo que seu corpo reclamasse do ato. - Bom dia. - Ela falou, se sentando na pequena mesa de madeira redonda, onde todos já estavam.
Todos: Bom dia. - Todos responderam, meio desanimados. Só Nick sorriu, corando.

Depois de terminado o café, o grupo de semideuses e bruxos começou a desfazer a barraca, e quando estava dobrando a lona, um pedaço de pergaminho caiu de dentro dela. Nick sorriu e Miley sorriu de volta. "Próximo passo: pedi-la em namoro se sobrevivermos a mais um dia.", o sonserino pensou.
Guardaram a barraca na mochila de Joe e deram as mãos para sentirem seus corpos se perderem no nada.

Os semideuses e bruxos se encontraram sobre um longo corredor de pilares de mármore no estilo grego, onde logo abaixo uma escada com vários degrais levava até um grande hall e havia dois altares nas laterais das escadas.. Nas paredes e altares, haviam figuras gregas esculpidas e tudo estava silencioso.
Danielle: O Museu de Pérgamo? - Danielle perguntou, reconhecendo o local. Estavam no Altar de Pérgamo, parte do Museu de Pérgamo, um dos museus da Ilha dos Museus, em Berlim, Alemanha.
Demi: Foi o primeiro lugar que pensei. Algo me diz que temos que passar por aqui, mesmo que não seja o local exato. Seria muita sorte se fosse, e quando temos sorte, algo está errado.
Logan: Espero que, pelo menos, não explodamos algo.
Selena: Eu não contaria muito com isso. - Ela abraçou o namorado por trás. - Mas faremos o possível. E sairemos vivos.
Logan: Como tem tanta certeza disso?
Selena: O que não te mata te deixa mais forte. Já passamos por desafios o suficiente, vamos passar por esse também. - Um silêncio caiu sobre o local.
Kevin: Vamos, temos que sair daqui antes que pessoas comecem a chegar, de preferência. - Todos concordaram. Saíram de trás dos pilares, descendo cautelosamente as escadas, encostados no corrimão. Parecia maluquice, dez adolescentes se arrastando pelo corrimão como se fossem aprendizes de James Bond, mas todo cuidado era pouco, muito pouco.

Andaram por um bom tempo, até acharem uma sala extensa onde estava a porta do Mercado de Mileto. Em sua lateral, uma estátua de um imperador romano com cabeça de Trajano parecia apontar para a porta. Joe, que confiava em seus instintos, parou bruscamente.
Demi: O que houve?
Joe: Apenas parem. - Todos obedeceram. Uma voz vinda de sabe-se lá onde falou "O que buscam, jovens?"
Danielle: Hã... olá? - "Na estátua, bobos", a voz respondeu. Mesmo assim, a estátua continuava a mesma. "Vocês não vão me ver, bobinhos. Eu sou praticamente o espírito da estátua".
Taylor[L]: Estátuas têm vida? - "Não necessariamente todas, é complexo demais. Vamos falar do que mais importa. Sigam ao leste o máximo possível, achem uma clareira em uma floresta onde as folhas dos pinheiros continuam verdes. Lá, juntem o que já têm e saberão o que fazer. Obrigada por ouvir, atenciosamente, eu.". A estátua se calou, como se uma barreira de repente tivesse se formado na mente dela. - Hm... obrigada. - Saíram andando.

Estavam saindo do museu, a entrada [e saída] dava vista à Antiga Galeria Nacional, outro dos museus. Ainda não havia ninguém, nada havia atacado.
Nick: Parece que, uma vez na vida, a sorte está ao nosso favor. - Mas Nick descobriu que havia feito a afirmação cedo demais quando ouviu cobras sibilarem atrás dele.

Continua...

No próximo capítulo...
" - Então vamos atacar.
---
  - Vamos, vamos acabar logo com isso.
---
  - Parece que achamos. "

Algo precisa ser explicado? Acho que não e.e
Hullo guys! Decidi postar hoje ou nunca postaria, pois é. Mas tudo que tenho a dizer, direi depois de responder os comentários, então...

Respondendo os comentários...
Leeh Kaksmakmsa agora eu aceitei u.u. *---* acredite, nem eu (até a fic...). Obrigada! Kmaskksma ah, isso explica, sou anta e lerda e.e. E NILEY CHEGOU, LALALA! O "no próximo capítulo" tem esse propósito mesmo, lol. Maaas sim, você acertou akamkmsa. Postado! Beijos.
Anônimo Acredite, eu preciso, muito muito muito muito ~eterno~ muito obrigada mesmo!  Fico feliz em inspirar alguém, a gente nunca sabe o que pode acontecer e não podemos desistir nunca. Prazer te conehcer, Arthur :3.  Cara, eu não sei o que dizer... eu que agradeço. Se algum dia precisar de algo, um conselho, qualquer coisa, fale comigo, eu farei o possível pra te ajudar, não importar o quê, ok? Que Deus te abençoe muito também, para que você sorria todo dia e nunca perca as esperanças. Beijos.
Love Demi Kmkamsa eu falo Lolena mesmo, sla... E obrigadaaaa! Sim, olha Niley aí! Postado :3 kisses
I'm Lerman. Obrigada! :3 u.u em breve.

Entonces, por onde começar?

  • Comecei a postar uma nova fic Jeyna (Jason/Reyna). Clique pra ler
  • Terminei de ler Serpent's Shadow \ooo/
  • Sabem o tumblr que modero? O  we-love-richard-riordan? Entrou em reforma, maaas... voltaremos em breve com um monte de novidades legais. Então, sigam lá u.u
  • Esto viciada em Merlin akmsakmska ~é um seriado~
  • Mudei meu twitter para @swifttyrells
E acho que é isso :3 Espero que dessa vez vocês, seus preguiçosos, comentem u.u -q

God Bless!!! Kisses!!!

4 comentários:

  1. OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOWNT ti fofinho! *-*
    Ta muito perteito, sério..
    Essa estátua me deu medo O.O
    OMG, cobras? Eu acho que sei qual é o monstro, mas não vou falar porque senão eu corro o risco de errar e aí fica muuito mico kk
    Posta looogo, daí se eu tiver pensado certo eu te falo haha
    Beijoos <3

    ResponderExcluir
  2. *-----* Lindoo. Posta logo ^---------------------------^

    ResponderExcluir
  3. oh Obrigada sempre que leio seus comentários eu sei que nunca perderei as esperanças que Deus continue te abençoando imensamente, quanto ao capítulo não tenho nem o que dizer mais uma vez você foi perfeita e o capítulo indescritível você andou meio sumida e eu fiquei orando muito por você pois pensei que tivesse acontecido algo, fico feliz que você esteja de volta e muito obrigada por me responder, posta logoo beijos Arthur

    ResponderExcluir